quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

RANKING DAS ESCOLAS

RANKING DAS ESCOLAS
Por Celso Neto

Com dúvidas acerca do grau de controlo e exigência
Aqui deixo o meu “peido” para as escolas de “excelência”!
A elas e a todas as outras agradeço o bom trabalho
Condenando-as por não lutarem contra este “enxovalho”
O ranking das escolas é uma tramoia bem montada
Contra a Escola pública e a favor da escola privada!
Como se lhe não bastasse o favoritismo
Ainda usam a “técnica” do facilitismo!

Mas, também, as escolas públicas de elite
Veem com bons olhos esta “clubite”
Implantadas em áreas sociais privilegiadas
Orgulham-se de ser as melhores das mais mal classificadas…
Com a hipocrisia a andar a galope
Todos querem pertencer a uma “escola top”!

Se houvesse respeito e consideração por que trabalha
Não se dava ouvidos a esta canalha…
Jornalismo de meia tijela
Para quem um bairro “chique” é o mesmo que uma “favela”!
(Quem não sabe a diferença entre um rico e um pobre

Não merecia ter uma profissão tão nobre!)

sábado, 3 de fevereiro de 2018

AGULHA MAGNÉTICA

AGULHA MAGNÉTICA
Por Celso Neto

Diz-me a minha agulha magnética
Que a maldade não é genética
Que a Justiça estar a ficar sem Ética
Que há quem meça o Saber com uma fita métrica
Que a certeza se tonou hipotética
Que perdeu sentido a ordem alfabética
Que há quem troque as voltas à aritmética
Que se vive demasiado para a estética
Que até já se fala em Democracia soviética
Que há quem feche os ideais numa caixa hermética
Que se confunde Sabedoria com harmonia fonética
Que a sorte é profética
Que a nossa ingenuidade se torna patética
Que poucos falam de forma sintética
Que todos temos uma veia poética!
Que há que estar atento à sinalética
Que temos que enfrentar a doença com força atlética!
Que a verdade está a ficar esquelética
Que o “segredo” está na dialética!
Que a razão tem uma costela cética
Que o pensamento voa de forma frenética!

OBRIGADO

OBRIGADO
Por Celso Neto


Obrigado Centeno por seres assim
E não perderes a cabeça com a “canalha ruim”
Ela está “programada para apregoar” desgraça…
Mas … os cães ladram e a caravana passa!
A orquestra toca afinada
Mas a música está ultrapassada…

Nunca se houvera visto
Atrevimento tão ridículo como isto!
Estou sereno, porque a “fugir para a frente”
Não há ninguém que muito tempo aguente!
As máscaras vão cair
E os portugueses verão quem anda a mentir…

Penso que a direita vai ficar a chuchar no dedo
Porque o Povo já perdeu o medo!

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

O QUE TEMOS NA DIREITA

O QUE TEMOS NA DIREITA
Por Celso Neto


À direita temos Cristas e Rio…
Só sendo “totós” perderemos este desafio!

Rio é para queimar nos próximos tempos
“Generais” não convivem com “sargentos”
Resta saber quem vai chegar-se à frente
Cá para mim vai ser um “tenente”
(“Oficial” quanto baste
Capaz de resistir ao desgaste)

Assunção Cristas é ridícula
Quando se mascara com aquela “película”…
Ela bem se apresenta de cara lisa
Mas não é disso que o País precisa…
Provavelmente está a dar o melhor que tem
Mas tanto descaramento não lhe fica bem!
Já ouvi dizer a alguns PPs
Que não compreendem os porquês…
A mim “cheira-me” a ganância
De alguém sem repugnância!
Que diz hoje o contrário do que dizia
Em descarada hipocrisia!

O PSD, coitado!
Com o Hugo Soares não vai a nenhum lado!


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

AS VISÕES DA DIREITA


AS VISÕES DA DIREITA
Por Celso Neto


Depois que ficou encostada à parede, a direita visionária
Voltou a por a nu a sua costela reacionária
A sua pretensão muito suja… saiu borrada!
A montanha nem pariu um rato… não pariu nada!
O bom nome do ministro Centeno foi enxovalhado
Portugal foi mais uma vez caluniado
Saiu, certamente, prejudicado!

Felizmente, tudo terminou em bem
Ficámos a saber quem são alguns filhos da mãe!
Mas o que fizeram… não se fazia a ninguém!

Haverá ou não interesses políticos ocultos
Por detrás destes ignóbeis insultos?
Quem põe em marcha todo este “aparato”
É irresponsável ou é sensato?
Devia haver um pesado castigo
Para quem despreza Portugal e só olha para o seu umbigo!

É uma vergonha que em lugares públicos importantes
Haja gente que tem comportamentos aviltantes
E que políticos a quem pagamos o salário
Afirmem agora uma coisa e amanhã o seu contrário!

Apanhem os grandes corruptos e ladrões
Sigam o rasto dos milhões
E acabem com esta miséria

De incomodar a gente séria!

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

DESEJO

DESEJO
Por Celso Neto

Desejo ser muito velhinho
E comemorar o centenário com três copos de vinho…

Não me é indiferente que a minha vida
Seja curta ou comprida…
Gosto muito de viver
E dos meus amigos nenhum me veio dizer
Como é a vida depois de morrer…

Fala-se para aí num Jesus Cristo
Que depois de morrer também nunca mais foi visto…
Dizem que ressuscitou ao terceiro dia
E que incarnou da Virgem Maria
Que salvou a honra do esposo José
Com os Santos mistérios da Fé…
Concebendo sem dar à luz
Um lindo menino chamado Jesus!

Gostava de ficar cá para semente
Mesmo admitindo que haverá melhor, certamente…
Cada um pede para si
E eu gosto muito de andar por aqui!
(Embora não goste de andar por aí)

Cem anos era um bom começo
Para uma longa vida que eu penso que mereço…
(Mereceria… talvez esteja melhor dito
Pois é a Morte que tem o apito
E quando é chegada a hora
Temos mesmo que ir embora!)



INVESTIGUE-SE!

INVESTIGUE-SE!
Por Celso Neto

Investigue-se tudo e todos sem exceção
Seja “ave” de cidade ou aldeão…
Investigue-se o advogado, o padre e o juiz
O artista, o caixeiro e a meretriz …
Investigue-se o presidente, o ministro e o assessor
A enfermeira, o maquinista e o professor…
Investigue-se o jornalista, o médico e o empresário
Investigue-se o silêncio, se for necessário
Investigue-se o patrão, o empregado e o delegado sindical
Investigue-se as novelas, os documentários e o telejornal…
Investigue-se os subsídios e os programas
Vire-se o País de pantanas…
Investigue-se políticos com ou sem cartão dourado
Investigue-se tudo o que já foi investigado…
Investigue-se o futebol, os dirigentes e a arbitragem
O dinheiro que voou e os responsáveis pela pilhagem…
Investigue-se o compadrio e as fugas de informação
Que permitem que um comentador faça “adivinhação”…
Investigue-se a cor das cuecas do António Costa
É destas fofoquices que o Povinho gosta!
Investigue-se se Centeno foi ver o Benfica
Ou pedir ao Filipe Vieira um lugar na equipa…
Investigue-se o pobre que comeu batatas fritas e bife
E o remediado que foi de férias para o Recife…
Investigue-se tudo o que (vos) vier à ideia
Mas…metam os ladrões e os corruptos na cadeia!

Investigue-se, já! Ponha-se tudo a olho nu!
Mas (por favor) não investiguem o olho do cu!
(É no olho do cu que está o mistério
…mas isso precisava de uma investigação a sério!)